Estamos bem!

To vivo! Digo, estamos vivos.

O Elmo, estranhamente, também, uma vez que o bolão de quem baterá as botas primeiro está em 20 para 0 contra ele.

A viagem está sendo o máximo! É incrível como as coisas são baratas… melhor do que viajar para o nordeste. Entramos nos Andes – ooops – com tudo. A Bolívia é muito diferente aqui em cima. Fomos a uma cidade que era Santa Teresa multiplicada por 20, passamos na cidade mais alta do mundo, exploramos minas de extracao de minério percorrendo mais de 2 km e ouvindo estrondos de dinamite – horrível, nos banhamos em aguas termais, curtimos um campeonato de fanfarra musical que fariam nossas escolas de samba repensarem seu próximo enredo, andamos de trem durante 12 horas, conhecemos gente de tudo quando e canto do mundo, tomamos muito chá de coca, sentimos muito frio, muito café, muita coceira, um pouco de solidão e comemos rosquinhas que fariam o Detre soluçar!

Agora estamos numa cidade mais baixa, ainda nos Andes, ao lado de um mar seco, só há Sal. É muito frio, é muito deserto, o Sol é medonho, o céu é divino a 3500m de altura, tem muito trem velho mas é um canto turístico.

Daqui do Uyuni vamos para Oruru e La Paz…

Soubemos do terremoto no Peru apenas pela Internet. Estamos bem mas um pouco ressabiados do que veremos por lá no futuro… uma pena… 

Beijos, abraços, amplexos, ósculos – claros e escuros…

Anúncios

Demora nas postagens

Pois é, turminha.

Sei que estão a reclamar de nossa omissão neste Blog. Muita coisa para ver, muito chão a percorrer e pouco tempo para dormir.

Gente, este parangolé é lindo demais! Me faltam (literalmente) teclas para descrever! :oP

Enquanto isso, o que independe da configuracao do teclado, podem curtir umas fotinhas (uma batelada de novas) no nosso fotolog:

http://www.flickr.com/photos/igorprata

Primeiro dia na Bolívia

Hoje na primeira Cyber-parada da primeira investida da IFS para o estrangeiro (12/08/2007) paramos numa pensao-inha em Puertyo Quijarro. Nao consiguimos o Trem da Morte (aqui conhecido apenas como Trem Rapido) logo de cara.

Conhecemos um bando de Paulistas que faria a IFS morrer de vergonha. Bebem e riem mais do que a gente. E, no caminho, Sax nos apresenta um novo membro honorário, o André.

Comemos comida de camelô e estamos bem! :o)

Dormi pra chuchu agora… Sax, Elmo e o Honorário ficvarma de papo horas à fio. Estou me sentindo deslocado… :o(

Fotos no http://www.flickr.com/photos/igorprata